Perfumes importados e nacionais: a procedência dos ingredientes interfere na fragrância?

Descubra se as matérias-primas e o processo de produção interfere na fixação e no aroma das fragrâncias!

Perfumes importados e nacionais: a procedência dos ingredientes interfere na fragrância?

Os perfumes importados costumam fazer sucesso no mercado brasileiro e isso acontece, em partes, por causa do tradicionalismo que o exterior tem na produção deste tipo de cosmético. Mesmo assim, o mercado brasileiro se desenvolveu bastante nos últimos anos e, com isso, se questionar sobre a diferença entre o produto estrangeiro e o nacional é bem comum. No fim das contas, a procedência dos ingredientes e o processo de produção interfere na fixação e no aroma das fragrâncias?



A principal diferença entre perfumes importados e nacionais



O senso comum diz que os perfumes importados são melhores do que os nacionais por causa da fixação: a impressão geral é de que eles ficam no corpo por mais tempo, enquanto o cheiro dos nacionais some com mais facilidade. O que acontece, nesse caso, não é bem isso: por serem desenvolvidos para um público que vive em países com o clima mais frio que o Brasil, os perfumes importados costumam ter uma concentração maior de essência em cada frasco. Geralmente, eles são divididos entre eau de parfum e eau de toilette — como os produtos de Lancôme. Os produtos nacionais, por sua vez, trazem ingredientes que possuem aromas mais suaves para evitar que a exalação durante o dia seja muito forte.



Como usar os perfumes importados mesmo em dias mais quentes



A concentração de essência mais alta dos perfumes importados não é um impedimento para o uso destes produtos no Brasil, mesmo durante as estações e dias mais quentes. A principal diferença é que, neste caso, você vai precisar tomar um pouco mais de cuidado no momento da aplicação: escolha os pontos pulsantes do corpo e dê pequenas borrifadas em cada um deles, no caso do eau de toilette. Se sua preferência for pelo eau de parfum, nem há a necessidade de aplicar em todos os pontos: atrás das orelhas e nos pulsos já é suficiente. Uma outra forma de aproveitar os produtos que vêm do exterior em um país tropical é escolher fragrâncias que são mais cítricas e refrescantes e não vão ficar extremamente fortes nos dias de calor.



Conheça o perfume ideal para você antes mesmo de experimentar: as notas de composição



Na hora de escolher um perfume novo na loja é bem comum que você experimente alguns modelos até chegar no ideal. Para facilitar o momento, é bom que você saiba, primeiro, o tipo de família olfativa que te agrada mais entre floral, chipre, amadeirado, cítrico, oriental e aromático. Depois disso, dê uma olhada nas notas de composição de cada uma das fragrâncias para saber exatamente o que cada uma delas significa. As de topo são mais voláteis e duram poucos minutos, mas marcam a primeira impressão que você vai ter do perfume. Logo depois delas, você sente as notas de meio ou de coração, que são um pouco mais densas e costumam conter a identidade do perfume. As notas de fundo, por sua vez, são as mais duradouras. Identifique os ingredientes que te agradam nessas notas e seja certeira na hora de escolher as fragrâncias da sua coleção!

Continuar lendo

Compre Aqui