Veja porquê escolher o perfume ideal para você é tão importante!

Perfumes e lembranças: por que a memória olfativa é uma das mais aguçadas?

Perfumes e lembranças: por que a memória olfativa é uma das mais aguçadas?

O prato preferido da infância, o perfume do primeiro amor, a sala de aula da faculdade: por mais que você nunca tenha percebido, sua memória olfativa funciona de forma muito mais eficiente do que as lembranças relacionadas a outros sentidos. É por causa dela que você sempre sente a mente voar ao passar por algum desconhecido usando o mesmo perfume de alguém importante. A relação entre perfumes e lembranças é mais forte do que imaginamos, mas existe uma explicação para isso. Entenda aqui embaixo!



Tudo está relacionado com a área do cérebro que processa os aromas que sentimos



Cada região do nosso cérebro é responsável pelo funcionamento de uma parte do corpo e, ao contrário do que muita gente pensa, a que cuida dos cinco sentidos não é a mesma. Entre todos eles, o único diretamente ligado ao sistema límbico (que controla os comportamentos sociais e emoções) é o olfato [você sabia que um perfumista precisa ter o olfato e a memória apuradíssimos?]. É nessa unidade do cérebro que fica localizado o hipocampo, sede da memória no corpo humano. Nele, as lembranças de curto prazo se transformam nas de longo prazo, que carregamos por um bom tempo durante a vida. Por causa dessa localização próxima entre o bulbo olfativo e o hipocampo é que a memória olfativa é uma das mais eficientes do nosso sistema nervoso.



A memória olfativa também está diretamente ligada à memória emocional



A facilidade que temos em associar diferentes aromas a pessoas, emoções e situações — sejam elas boas ou ruins — não é uma coincidência. Além do hipocampo, o sistema límbico também conta com outros “compartimentos”, como a amígdala cerebelosa, principal responsável pelas nossas reações emocionais. Em conjunto com o hipocampo, ela gera nossas memórias emocionais. De uma forma simplificada, esta região do cérebro também se encarrega de lembrar como nos sentimos em determinada ocasião. É por isso que quando sentimos o perfume de alguém querido, automaticamente sentimos o coração aquecido. O mesmo acontece com o sentimento de angústia e nervosismo que um odor negativo pode desencadear.



É por causa da memória olfativa que o perfume que você escolhe vira sua marca registrada



Na hora de escolher o novo perfume da sua coleção, além de se preocupar com as notas de composição da fragrância e com o nível de concentração da essência, tenha em mente que, para as pessoas ao seu redor, ele será o aroma associado a você por muito tempo. Por mais que pareça exatamente o contrário, esse fator pode acabar facilitando a escolha, basta ficar atenta à descrição da fragrância antes de decidir a que se encaixa mais na sua personalidade. Sedutoras, alegres, iluminadas, românticas, modernas ou elegantes: não importa o tipo de mulher que você é, a fragrância ideal existe, sim!

Continuar lendo

Compre Aqui