Confira um guia completo sobre as olheiras, desde as causas mais comuns até os melhores tratamentos

Olheiras: tipos, causas, como evitar, como tratar e mais dicas para cuidar da região ao redor dos olhos

Olheiras: tipos, causas, como evitar, como tratar e mais dicas para cuidar da região ao redor dos olhos

As olheiras são um dos maiores incômodos de beleza das mulheres e podem ser de muitos tipos, cores e intensidades. Independente da classificação, a região escura embaixo dos olhos cria o aspecto cansado no rosto e tende a ser uma preocupação diária. O problema, que costuma vir acompanhado de flacidez e rugas, pode ter diferentes origens, de questões genéticas à maus hábitos de cuidado com a pele. A boa notícia é que existem várias formas de tratar e evitar o surgimento das temidas manchas e bolsas sob os olhos. Para desvendar todas as dúvidas sobre o assunto, listamos tudo o que você precisa saber sobre as olheiras. Confira!



Descubra os diferentes tipos de olheiras e suas causas mais comuns





As olheiras podem assumir diferentes cores e formas, incluindo um visual azulado, rosado, arroxeado ou marrom. De forma geral, existem quatro tipos de olheiras: sanguíneas, vasculares, profundas e melânicas. As olheiras sanguíneas possuem a coloração arroxeada e surgem por um acúmulo de hemoglobina nos vasos sanguíneos. Já as olheiras vasculares são causadas pelo distúrbio do sistema circulatório e excesso de retenção de líquidos. Com uma tonalidade mais azulada, este tipo tende a surgir em situações de estresse e cansaço.



As olheiras profundas surgem devido ao formato do rosto e a genética e possuem um tom castanho . Elas ficam em destaque quando a cavidade ocular é mais profunda, resultando em uma sombra. Por fim, as chamadas olheiras melânicas são causadas pelo acúmulo de melanina e, por isso, são mais comuns em mulheres de pele morena e negra, tornando a região sob os olhos mais escura.



Exposição solar e maus hábitos podem influenciar no surgimento das olheiras



É comum que as olheiras sejam associadas a noites mal dormidas, o que acontece com frequência. No entanto, outros fatores também podem influenciar no surgimento das manchas nos olhos, como os raios UV. A exposição solar excessiva e sem proteção proporciona o aumento da pigmentação na pele, então resulta no escurecimento das olheiras. Não remover a maquiagem completamente antes de dormir é outro hábito que pode ocasionar o aparecimento das manchas. O acúmulo de resíduos de maquiagem obstrui os poros da pele e dificulta a circulação do oxigênio que a nutre, gerando uma desidratação e olheiras mais evidentes. Para evitar esse quadro, o melhor a fazer é investir em produtos que limpem profundamente o rosto, como o Eau Micellaire Confort. Composto por mel de acácia, glicerina e água de rosa, o item vai remover todas as impurezas para garantir uma sensação de frescor para a pele.



Sérum e hidratante facial são fundamentais para tratar as olheiras





Não é segredo que uma pele bem cuidada exige uma rotina de cuidados regrada. Com a região dos olhos, a lógica não poderia ser diferente. Para tratar as olheiras e amenizar as manchas escuras, o sérum facial pode (e deve!) ser um dos seus melhores amigos. Com ativos importantes para a saúde da pele em sua composição, o produto deve ser utilizado logo após a limpeza para que seja melhor absorvido. O Génifique Advanced Yeux Light Pearl, por exemplo, é perfeito para essa tarefa porque é leve e proporciona ótimos resultados.



Outro aliado para aquelas que sofrem com olheiras e olhos inchados é o hidratante voltado especificamente para essa área, que vai ajudar a controlar a oleosidade e a manter a pele lisa e uniforme. Trazendo o efeito lifting, o Absolue L'Extrait Ultimate Yeux é ideal para quem busca preencher e hidratar o contorno dos olhos. Além disso, o item conta com o aplicador de pétala rotativa que garante uma experiência sensorial incomparável.



Maquiagem é a melhor aliada para quem busca disfarçar as olheiras



Na correria do dia a dia, é comum que recorrer a medidas mais rápidas para esconder as olheiras. Nesse caso, o truque é apostar em um bom corretivo para aplicar na região abaixo dos olhos. O Teint Idole Ultra Camouflage, por exemplo, oferece tons perfeitos para se adaptar a diferentes tipos de peles e olheiras. Fácil e prático de aplicar, ele tem uma textura leve que proporciona um acabamento impecável. Para conquistar um resultado profissional, aplique-o desenhando um triângulo invertido abaixo dos cílios inferiores e dando leves batidinhas com os dedos ou a esponja na região para espalhar o produto.

Continuar lendo