Aprenda a forma correta de passar seu perfume e fazer a fragrância durar por muito mais tempo

Como passar perfumes da maneira correta? 4 dicas para não errar na hora da aplicação

Como passar perfumes da maneira correta? 4 dicas para não errar na hora da aplicação

Comprar um novo perfume é sempre uma delícia. A gente fica idealizando o momento ideal para estrear a nova fragrância, mas, logo após o primeiro uso, questionamos o quanto ela dura. Você também já passou por isso? Caso sua resposta seja sim, temos uma coisinha para te contar: talvez o problema não seja com o perfume, mas sim, com a maneira com você o aplica. Pode parecer loucura, mas as áreas do corpo onde aplicamos o perfume interferem diretamente no poder de fixação.

Mas no meio disso tudo há uma boa notícia: aplicar o perfume da maneira correta é super simples e nós reunimos aqui diversas dicas para te ajudare a fazer com que suas fragrâncias durem por muito mais tempo.

Foque nas áreas mais quente do seu corpo

Pulsos, área interna dos cotovelos, pescoço, e atrás do joelho são as partes mais quentes do nosso corpo. Isso significa que todas essas áreas ajudam a fixar e espalhar a fragrância por todo o nosso corpo. Atrás das orelhas também é muito indicado, pois é uma região mais oleosa do nosso corpo e isso também ajuda a manter o cheiro do perfume mais presente.

Atenção ao local de armazenamento dos perfumes

Pode parecer exagero, mas o local onde você guarda suas fragrâncias pode interferir – e muito – em suas cacterísticas olfativas. Ambientes muito iluminados e úmidos, como os banheiros, são grandes vilões para nossas fragrâncias. Ao invés disso, opte por guardá-lo em um local mais controlado, sem grandes oscilações de temperatura, como dentro do guarda-roupa.

Nunca mais esfregue os pulsos

Isso faz parte da cultura mundial, mas está errado! A fricção entre os pulsos altera as características dos perfumes, mudando não somente o aroma, como também o poder de duração. O ideal é dar apenas uma leve borrifada em cada um dos pulsos, aguardar até que a pele absorva o líquido e pronto!

Perfumes sintéticos não são vilões

A maioria de nós idealiza fragrâncias naturais como as mais refinadas e luxuosas, por conta do hype dos cosméticos naturais no mercado da beleza. Mas muitos dos perfumes que consumimos são repletos de ingredientes sintéticos que se aproximam muitíssimo da real fragrância de uma rosa, por exemplo. No fim das contas, isso é bom para todo mundo, porque democratiza o acesso aos perfumes, já que matéria-prima natural é infinitamente mais cara e também diminui os impactos ambientais, pois não há necessidade de recorrer à natureza para desenvolver alquimias de qualidade. E pode ficar despreocupada, porque todas essas criações olfativas seguem um rigoroso processo de fiscalização até chegarem às lojas, garantindo extrema qualidade!

Continuar lendo