Como fazer o perfume durar mais: veja 5 erros de aplicação que você deve evitar

Veja como você pode aumentar a fixação do seu perfume apenas aplicando do jeito certo

Como fazer o perfume durar mais: veja 5 erros de aplicação que você deve evitar

Uma coisa que ninguém quer quando usa um perfume, com certeza, é que ele não tenha uma fixação boa e acabe sumindo pouco tempo depois da aplicação. Em alguns casos, a principal razão para a duração curta da fragrância é a composição do produto — acontece muito com águas de colônia, que têm baixa concentração da essência —, mas o momento da aplicação também influencia nesse resultado final. Para te ajudar a evitar os erros que resultam numa fixação curta, principalmente em dias agitados como os do Carnaval, em que o perfume precisa durar por bastante tempo, listamos os mais comuns aqui embaixo. Confira!



01 Aplicar nos lugares errados



Para garantir que o seu perfume vai durar por bastante tempo, você precisa aplicar estrategicamente nos pontos mais pulsantes do corpo, como atrás das orelhas, nos pulsos, pescoço e na dobra do braço, bem na direção do cotovelo. Esses pontos têm mais pulsação porque é onde as artérias estão mais próximas à superfície da pele. Por isso, ao longo do dia, os perfumes aplicados ali vão reagindo com o calor do corpo e liberam mais fragrância, aumentando a fixação. Uma outra dica é dar umas borrifadas na roupa que você vai usar, mas atenção: no tecido, pode ser que o perfume não evapore, deixando a peça com o mesmo cheiro depois da lavagem. Ou seja: isso só é válido se você usar sempre o mesmo perfume com aquela peça de roupa para que as fragrâncias não se misturem.



02 Esfregar a área em que o perfume foi aplicado



 Um dos erros mais comuns de todos na hora de aplicar o perfume é este: esfregar um pulso no outro (ou o pulso em outra parte do corpo) para que o perfume “seque”. A fricção causada pelo movimento na pele gera um calor que pode mudar a fragrância e alterar a qualidade da fixação do seu perfume. O ideal é aplicar e deixar que a pele absorva naturalmente, sem encostar na área molhada.



03 Passar o perfume com o corpo quente



 Tem o costume de aplicar o perfume logo depois do banho? De certa forma, você está certa, mas também precisa tomar cuidado com a prática. Quem costuma tomar banhos quentes, geralmente sai do banheiro e começa a se arrumar com a temperatura do corpo ainda elevada. Se o perfume for aplicado nesse momento, é bem provável que ele vá evaporar com mais rapidez. A melhor coisa a se fazer, portanto, é esperar o corpo esfriar e aplicar a fragrância com a pele ainda úmida. Junto da hidratação recente, a essência do seu perfume acaba ficando mais forte e duradoura. O mesmo acontece quando o produto é utilizado junto de um hidratante sem perfume — veja o motivo no item abaixo.



04 Usar outros produtos com o cheiro forte



 Sua rotina de beleza não se resume aos perfumes: os hidratantes para o corpo e desodorantes, por exemplo, não podem ser deixados de lado. Mas para que eles possam ser usados ao mesmo tempo sem atrapalhar a durabilidade da sua fragrância, o ideal é optar pelos que são sem cheiro. Essa é a principal maneira de contar com o resultado final necessário destes cosméticos sem atrapalhar o efeito do seu perfume juntando essências e fragrâncias diferentes.



05 Armazenar o perfume no lugar errado



 Mesmo que isso não seja, necessariamente, um erro de aplicação, armazenar o seu perfume num lugar não indicado pode alterar o estado do líquido, influenciando na fixação e durabilidade dele no corpo. O ideal é que você guarde seus frascos de perfume em locais secos e arejados, como os quartos. No banheiro, por exemplo, as variações de luz, temperatura e umidade podem fazer com que os seus produtos percam o efeito antes da hora.

Continuar lendo

Compre Aqui