Você tem algum desses hábitos? Confira os malefícios que eles causam na sua pele

Água quente, esfoliação e lavagem excessiva: descubra os principais erros do seu ritual de skincare

Água quente, esfoliação e lavagem excessiva: descubra os principais erros do seu ritual de skincare

Cada vez mais presente em nosso dia a dia, o skincare já virou paixão nacional. Ainda assim, mesmo com toda essa comoção, muitas de nós não sabemos que alguns hábitos são totalmente proibidos durante a rotina de cuidados.

Antes de qualquer coisa, é preciso entender o seu tipo de pele. Essa é a premissa básica para você escolher seus itens de limpeza e tratamento de acordo com as suas necessidades. De qualquer forma, a frequência e a sequência do seu ritual, independentemente do tipo da sua pele, seguirá o mesmo passo a passo, que, de forma resumida é: higienizar, tonificar, hidratar, tratar (tratamentos específicos para as suas necessidades) e proteger (filtro solar).

Abaixo, separamos alguns exemplos que talvez façam parte dos seus hábitos. Desapegue de todos para conquistar uma pele cada vez mais incrível!

Antes de lavar o rosto, lave as mãos

Sempre que formos higienizar nosso rosto, devemos, antes de qualquer coisa, higienizar nossas mãos. De nada adianta investirmos em limpadores faciais superbacanas e tecnológicos se não lavamos previamente as mãos, que entrarão em contato direto com a superfície do rosto. A ordem é a seguinte: lave e enxágue bem as mãos. Em seguida, seque. Prontinho, tudo certo para cuidar do seu rosto!

Não exceda duas lavagens diárias

Essa é especialmente para você que tem pele oleosa e insiste em lavar o rosto mil vezes por dia. A gente tem uma informação para te passar: isso não resolve nada. Muito pelo contrário, só piora ainda mais o estado da pele. Quanto mais lavamos a pele, mais ela vai reagir, produzindo ainda mais óleo, gerando o efeito rebote. Mais comum em peles oleosas, o efeito rebote assola todos os tipos de pele, portanto, nada de exagerar na limpeza.

Não exagere na temperatura da água

Banho quentinho é uma delícia, especialmente nos dias mais frios do inverno, mas a água quente não ajuda em nada a saúde da nossa pele. As altas temperaturas afetam a nossa barreira cutânea isso significa que a água quente remove toda a proteção natural da pele, deixando-a exposta à proliferação de inúmeras bactérias, infecções desidratação. Com isso, estimulamos o efeito rebote e consequentemente os poros tendem a dilatar.

Em contrapartida, a água fria só traz benefícios para a pele. Estimulando a circulação sanguínea e garantido um viço incrível. Como equilíbrio é a base de tudo na vida, opte por banho nem tão quentes, nem tão frios, assim, a água, associada ao seu gel de limpeza, será capaz de remover a o excesso de oleosidade sem agredir a pele.

Evite esfoliações em excesso

Esfoliantes, sejam eles químicos ou físico, devem ser utilizados com cautela, no máximo duas vezes por semana para peles oleosas e apenas uma vez para os demais tipos de pele. O processo de esfoliação é um ótimo aliado para a renovação celular, proporcionando uma aparência mais lisa e uniforme, entretanto, quando feito em excesso, pode lesionar a pele, criando cortes e expondo-a às agressões externas.

Continuar lendo

Compre Aqui